Amadeo Cavalcanti

Amadeo Cavalcanti havia nascido em Santa Rita do Passa Quatro, família simples, pai operário, mãe costureira, sem irmãos. Frequentou o seminário de São Roque por quase um ano, mas fugiu do local no dia das “Proclamações Gerais”. Os pais nunca mais ouviram falar dele. Atravessou a fronteira com a Argentina e estabeleceu-se em Mendoza, onde foi acolhido pelo grupo que gravitava ao redor de Dom Jaime Castillo, o principal nome do criollismo na região.