The Non-War Memorial

No início da década de 70, Kienholz recebeu uma doação que lhe permitiu trabalhar em Berlim com sua mulher e colaboradora, Nancy Reddin. Seus mais contundentes trabalhos, durante esse período, foram os denominados Volksempfänger.