Sobre João Urban

(Curitiba, 1943) É um fotógrafo. Entre a militância política, nos anos 1960 em Curitiba, e a fotografia publicitária como profissão, tornou-se, gradativamente, um artista com técnica aprimorada e olhar sensível para os tópicos sociais. Publicou os livros Bóias-Frias, Tagelöhner im Süden Brasiliens, Edition Dià, St. Gallen/Suíça e Wuppertal, Alemanha, em 1984, com edição brasileira em 1988, e Tropeiros, em 1991. Participou de várias exposições no Brasil e no exterior. Seu trabalho integra importantes acervos e coleções de fotografia. Recebeu o prêmio J. P. Morgan em 1999 e, em 2000, recebeu a Bolsa Vitae de Artes.