Acordes dissonantes?

Tocava, ao violão, “Garota de Ipanema”, de Tom Jobim, e alguém comentou como eram “bonitos” aqueles “acordes dissonantes”. Interessante! A conotação atual parece contradizer o sentido original de dissonância (sons que têm pouca afinidade, que não “soam bem” juntos).