Paolo Leminski, tr. Bernstein & Bonvicino

[untitled poem from Caprichos e Relaxos, 1983] My cut-off head Thrown in your window Moon-lit night Window Open Hits the wall Loses some teeth Falls to the bed Heavy with thought Maybe it’s scary Maybe you’ll blink Seeing by moon The color of my eyes Maybe you’ll think It’s just your alarm clock On the […]

O reggae no Maranhão

Um dos desfalques entre os lançamentos da 9ª Feira do Livro de São Luís (FeliS) foi o livro Da Terra das Primaveras à Ilha do Amor, do antropólogo Carlos Benedito Rodrigues da Silva. Publicada em 1992 como dissertação de mestrado em antropologia cultural, a obra, que traz como subtítulo “reggae, lazer e identidade em São Luís do Maranhão”, foi a primeira tentativa de compreender um fenômeno de dimensões épicas: a migração do gênero musical da ilha caribenha da Jamaica para São Luís do Maranhão. Grande feito, numa época em que a ordem na academia era ignorar uma realidade que então já entrava por olhos e ouvidos de todos.
Durante a FeliS de 2014, por ocasião de uma mesa de debates da qual ele participava ao lado dos jornalistas Otávio Rodrigues e Karla Freire, provoquei Carlão, como é conhecido o antropólogo – um simpático rasta de porte avantajado – para que republicasse a obra pioneira na Feira.