Em memória de Eduardo Coutinho

O homem que comprou o mundo: uma sátira do regime militar brasileiro e da guerra fria.
Um jovem funcionário público ganha uma fortuna de uma hora para outra e torna-se uma celebridade. O rapaz é obrigado a ficar sob a guarda do governo militar, já que agora ele é a grande promessa do país.

Direção: Eduardo Coutinho
Ano: 1968
Elenco: Flávio Migliaccio (José Guerra), Marília Pêra (Rosinha), Milton Gonçalves (soldado do “País Reserva 17”), Cláudio Marzo (agente da “Potência Anterior”), Hugo Carvana (cabo do exército do “País Reserva 17”), Abel Pera (professor Bagdá Pompéia, intelectual do “País Reserva 17”), Raul Cortez (alto funcionário do “País Reserva 17”), Jardel Filho (general da “Potência Anterior”), Ambrosio Fregolente (general do “País Reserva 17”), Hélio Ary (psiquiatra oficial do “País Reserva 17”), Paulo César Peréio (locutor televisivo da “Potência Posterior”), Carlos Kroeber, Nathália Timberg, Emiliano Queiroz, Maria Bethânia, Rogéria, Rubens de Falco, Kazuo Kon e Maria Bethânia.