Anti-humanismo

A sra. Fernanda Almeida Prado menciona, em sua carta abaixo, a palavra “fascismo”. Então, aproveito a oportunidade para dizer que o poema-ataque do sr. Frederico Barbosa (pesquisar nesta seção de Sibila) é anti-humano, anti-humanista, ao transformar problemas como os do Régis, que todos têm,  em acusações contra ele. O poema-ataque é, em consequência, nazista, porque pressupõe a “raça perfeita”. Pegou também muito mal o sr. Augusto de Campos co-assinar tal “poema”, assinando a petição de “apoio” ao sr. Barbosa, e, assim, coonestando tal peça, repito, nazista. Peço a todos que não toquem mais neste assunto em respeito à família do Régis.  E falo como um dos editores da revista. Tiago Fontolan (Editor de Tecnologia da Sibila)