Cortina de fumaça

São Paulo, 18 de fevereiro de 2012
Exmo. Sr.
Dr. Andréa Matarazzo
Dd. Secretário de Cultura do Estado de São Paulo
Sr. Secretário,

Os abaixo assinados registram a elevada qualidade da programação da Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, equipamento mantido pela Secretaria de Estado da Cultura. Manifestam-se, consequentemente, em favor da gestão do poeta Frederico Barbosa à frente desse equipamento cultural. Desde sua instalação em 2004, a referida Casa formou um público expressivo; congregou apreciadores da poesia; transmitiu informação relevante através de palestras, cursos, récitas de poesia, oficinas literárias, lançamentos de livros e outras atividades; apresentou autores consagrados e ao mesmo tempo contribuiu para revelar novos talentos. Em consequência, tornou-se referência obrigatória na agenda cultural de São Paulo. Tais resultados devem-se ao modo como Frederico Barbosa e seus colaboradores a têm dirigido, de modo fiel a seu projeto originário: ao mesmo tempo preservando o acervo e transmitindo informação sobre Haroldo de Campos, e oferecendo programação literária pautada pelo pluralismo; respeitando a diversidade de correntes e modos de manifestação, porém nunca abdicando de critérios de valor. Em vista disso, concordando com o debate sobre o conteúdo dessa programação e seus resultados, objeto de permanente aferição quantitativa e qualitativa, repudiam frontalmente manifestações depreciativas e aleivosas, movidas pelo ressentimento, com o propósito exclusivo de prejudicar tão importante trabalho.

Releiam o artigo “depreciativo” e “aleivoso” ao qual o manifesto  se refere. Manifesto que é mera cortina de fumaça para tentar enganar o secretário Andrea Matarazzo, buscando “encobrir”  (livrar de responsabilidadel), buscando   ENCOBRIR o ato brutal, vil, covarde e GRATUITO, para além do artigo do Dolhnikoff e de qualquer passado, praticado por Barbosa contra a família Bonvicino Sibila avalia a Casa das Rosas / Espaço Haroldo de Campos, de três de fevereiro de 2012; releia o poema-resposta-ataque de Barbosa, datado de 15 de fevereiro de 2012

Poema de Barbosa
http://www.cronopios.com.br/site/poesia.asp?id=5310