Sibila, fascista e maledicente

Chama poética

Vamos boicotar a Sibila! Não enviem nenhuma colaboração a essa revista fascista, que já publicou um artigo de Luís Dohlnikoff defendendo a tortura no campo de concentração de Guantánamo (artigo retirado do ar após denúncia aqui no Facebook) e revista que vem se especializando em atacar todos os poetas de nossa literatura com ataques grosseiros e maledicentes. Fernanda de Almeida Prado

(Resposta de Luis Dolnokoff: “Fernanda Almeida Prado, diretora do Grupo Chama Poética, é presença muito mais que habitual na programação da Casa das Rosas, recém criticada por mim”).