SUPRESA DO FREDERICO

Fui surpreendido, hoje à tarde, pelo telefonema da secretária do sr. Frederico Barbosa (Márcia), a fim de confirmar um almoço agendado desde o dia 7/02 para o próximo dia 27. O convite partira do sr. Frederico, àquela altura, a fim de, imagino, responder pessoalmente à minha crítica à sua gestão publicada no dia 3, e até aqui irrespondida. Mas dados os desenvolvimentos posteriores, eu agora só poderia aceitar manter o encontro se o sr. Frederico Barbosa respondesse afinal publicamente aos meus questionamentos à sua gestão, bem como se se retratasse da ofensa subsequente à pessoa do meu editor, Régis Bonvicino, ofensa esta que tenta agora esconder, no estranho gesto de refazer-desfazer o poema que lhe serviu de veículo, ao que soma a desfaçatez de negar que o poema dizia o que dizia, para não falar do abaixo-assinado em seu apoio, que tenta ocultar tudo isso. Luis Dolhnikof, em 24 de fevereiro  de 2012, às 20:00 horas