Entrevista inédita com João Cabral

João CabralO website Sibila vai, vez ou outra, publicar a revista Sibila em pdf. Lançamos agora o número 13, dedicado inteiramente a João Cabral de Melo Neto (1920-1999), em razão dos dez anos de sua morte.

Nas mais de 130 páginas que compõem este número, exclusivamente digital, o leitor poderá acompanhar o depoimento mais longo já concedido por João Cabral. Trata-se de sua última entrevista – um verdadeiro testamento –, concedida em 1999 a Bebeto Abrantes, diretor do documentário Recife/Sevilha – João Cabral de Melo Neto (2003). Realizada ao longo de cinco dias, as mais de quatro horas de gravação só agora foram transcritas e disponibilizadas na íntegra com exclusividade aos leitores de Sibila. No documentário, aparece apenas pequena parte do aqui ora se publica.Para essa tarefa, convidei Huendel Viana, que faz a apresentação detalhada do material, para a qual remeto o leitor. Temas como a infância no Recife, a relação com poetas, pintores e arquitetos – no Brasil e no exterior –, os primos Manuel Bandeira e Gilberto Freyre, as touradas e a dança flamenca, entre outros, são aqui abordados com extrema lucidez pelo autor de A educação pela pedra.

Deste modo, Sibila presta a mais justa homenagem a um dos maiores poetas brasileiros de todos os tempos. E, por outro lado, espera trazer à tona questões quase nunca debatidas pelos poetas de hoje, como a coerência e a sustentação de posições estéticas nada simpáticas ao mainstream brasileiro, sobretudo aquele que exclui os próprios atributos poéticos da poesia.

Agradeço especialmente a Inez Cabral de Melo, que tornou possível este projeto, bem como a Lúcia Riff, que o autorizou.

Régis Bonvicino
14/08/09

Entrevista inédita de João Cabral