Autopsychographia by Fernando Pessoa

Autopsychographia

Poets are fakers
Whose faking is so real
They even fake the pain
They truly feel

And for those of us so well read
Those read pains feel O, so swell
Not the poets’ double header
But the not of the neither

And so the wheels go whack
Ensnaring our logical part
In the train wreck
Called the human heart

Translated into English by Charles Bernstein
after Fernando Pessoa
2010

 

Autopsicografia

Fernando Pessoa

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.

1930


Leia Mais