Donald Trump e o fascismo democrático global

E o último termo, o quarto, é a falta, a falta total de um outro caminho estratégico. Existem muitas experiências políticas – não vou dizer que não haja absolutamente nada nesse sentido. Sabemos de novos levantes, de novas ocupações de lugares, de novas mobilizações, de novas determinações ecológicas etc. Portanto, não é a falta de de qualquer forma de resistência, de protesto – não, não estou dizendo isso. Mas estou falando da falta de um outro caminho estratégico, ou seja, de algo que esteja no mesmo nível da convicção contemporânea de que o capitalismo é o único caminho possível.